Amigos do Crivella

Dia do Trabalho foi motivo de festa para os pescadores cearenses – Ministro da Pesca entrega 1.605 licenças

Deixe um comentário

Ministro Marcelo Crivella  recebido por parlamentares cearenses, entre os quais senador Inácio Arruda(PC do B). e o deputado federal José Airton(PT) – Foto: Gerson do Valle

O Dia do Trabalho foi motivo de festa para os pescadores cearenses, que receberam a visita do Ministro da Pesca e Aquicultura (MPA), Marcelo Crivella, que veio a Fortaleza e Icapuí, para fazer a entrega de 1.605 licenças de embarcação para a pesca da lagosta. Marcelo Crivella disse que há por parte do MPA, uma preocupação com essa categoria de profissionais e citou como exemplo as dificuldades que eles enfrentam, como: a questão da saúde de pele, cegueira, entre outras. O Ministro foi recebido por correligionários de seu partido, o PRB, deputado Estadual Ronaldo Martins, vereador Gelson Ferraz, além do deputado Federal, José Airton do PT, vereador Carlos Dutra do PSDB e o senador Inácio Arruda do PC do B.

 

Flávio Bezerra, secretário de Planejamento e Ordenamento da Pesca
do Ministério da Pesca. Foto: Gerson do Valle
Esta foi a primeira vez que Crivella visitou o Ceará com o status de Ministro de estado; ao lado do recém-empossado no cargo de Secretário de Planejamento e Ordenamento da Pesca do Ministério da Pesca, Flávio Bezerra.“As licenças de embarcação, na verdade já era uma reivindicação desde 2007 por parte dos pescadores, são elas que dão a permissão para que os mesmo possam pescar a lagosta dentro da legalidade”, afirma Flávio Bezerra. Ainda segundo o Secretário, bom seria que não houvesse a pesca predatória, pois a pesca predatória poderá levar a extinção da lagosta.  

O período teve seu inicio em 1º de dezembro do ano passado, também é conhecido como período de defeso da espécie, o mesmo terminará no dia 1º de junho de 2012. O pescador que for flagrado pescando neste período, terá a carga apreendida e poderá pagar multa que varia de R$ 700,00 a R$ 100.000,00.
Para ordenar a captura da lagosta e impedir sua extinção, o Governo Federal limitou a atividade em 2.687 embarcações, aumentou o período de proibição da pesca neste ano e incrementou a fiscalização por todo o litoral brasileiro. 
O Ceará é o maior produtor de lagostas do País, contando com quase 60% das três mil embarcações brasileiras com permissão do MPA para a atividade. Além do Ceará, as licenças serão concedidas a embarcações de outros estados nordestinos, sendo estes: Pernambuco, Alagoas, Bahia e Piauí. As embarcações lagosteiras também atuam no Pará, Região Norte e no Espírito Santo, Região Sudeste. O Brasil captura aproximadamente sete mil toneladas de lagosta por ano, segundo dados do MPA.

Fonte: Blog do Gerson do Valle

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s