Amigos do Crivella

No Bom Dia Ministro, Marcelo Crivella fala sobre programa médico e odontológico para pescadores artesanais e medidas para incremento do setor da pesca no país

Deixe um comentário

O Bom Dia Ministro desta quinta-feira (10) entrevista o ministro da Pesca e Aquicultura (MPA), Marcelo Crivella.

No programa, o ministro falará sobre o aumento da produção de pescado nacional; o lançamento do programa de atendimento médico e odontológico para os pescadores artesanais; a inclusão de pescado na merenda escolar; a criação da rede nacional de laboratórios para certificação em sanidade pesqueira e aquícola e sobre o Programa Nacional para Controle Higiênico-Sanitário de Moluscos Bivalves. A entrevista é produzida e coordenada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, e transmitida ao vivo pela TV NBR e via satélite, das 8h às 9h.

Durante o programa, Marcelo Crivella vai abordar o lançamento de programa federal de atendimento médico e odontológico para os pescadores artesanais, que propõe que cada estado tenha um ônibus, para circular nos municípios, equipado para prestar atendimento médico, com foco nas áreas de dermatologia – por conta da grande exposição ao sol pelos pescadores – e odontologia. O programa, que ainda encontra-se em fase de estruturação, vai ser feito em parceria com o Ministério da Saúde.

Aumento da produção – O Brasil produz mais de uma tonelada de peixe por ano, número considerado muito aquém das potencialidades, segundo o ministro Marcelo Crivella, já que o país tem condições naturais para não só atender ao consumo doméstico quanto para se tornar um grande exportador. Nesse sentido, o MPA trabalha no sentido de aumentar a produção de pescado no país. A alavancagem do setor ajudaria a movimentar a economia, a gerar grande número de empregos e erradicar a miséria do Brasil, diz o ministro.

Consumo de Peixe no Brasil – Foi prorrogado para até o dia 31 de maio o prazo para que nutricionistas ou responsáveis técnicos respondam ao questionário sobre a inclusão do pescado na dieta de crianças e jovens da rede pública de ensino. A pesquisa iniciou em 19 de março deste ano, com o apoio das secretarias de educação estaduais e municipais de todo país. O objetivo é entender os problemas que impedem ou dificultam a oferta deste alimento durante as refeições. Segundo o ministro Marcelo Crivella, o pescado é um alimento nobre, saudável e recomendado pela Organização Mundial de Saúde. Por isso, a sua inclusão na dieta infantil deve ser estimulada. Com a análise da pesquisa, o governo federal pretende promover políticas públicas que estimulem, desde cedo, os jovens a consumirem pescado.

Rede Nacional de Laboratório – O governo federal criou no último dia 18 de abril a rede nacional de laboratórios para certificação oficial em sanidade pesqueira e aquícola. A rede contará com a participação de laboratórios de instituições públicas de pesquisa, ensino e extensão, de órgãos executores de defesa sanitária animal nos estados, bem como de laboratórios públicos e privados com interesse em obter credenciamento.

Programa Nacional para Controle Higiênico-Sanitário de Moluscos Bivalves – O programa surgiu da necessidade de garantir padrões mínimos de qualidade para os moluscos bivalves produzidos no Brasil, e é resultado de trabalho conjunto entre o MPA e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), com a contribuição de diversos pesquisadores, especialistas e produtores, por meio de consulta pública realizada pela Portaria MPA nº 122, de 04 de maio de 2011. Com isso, passarão a ser monitorados todos os moluscos bivalves marinhos produzidos no país e destinados ao consumo humano como, por exemplo, as ostras, os berbigões, as vieiras e os mexilhões. O programa entrará em vigor 30 dias após sua publicação e impactará positivamente na saúde pública, uma vez que permite a prevenção de efeitos nocivos à saúde pelo consumo de moluscos bivalves contaminados com biotoxinas marinhas e micro-organismos patogênicos.

Participam do programa, ao vivo, as rádios: Jovem Pan (Imbé/RS); Nacional do RJ AM (Rio de Janeiro/AM); Udesc FM (Florianópolis/SC); Sete Colinas AM (Uberaba/MG); Mix FM (Santos/SP); Vale do Taquari (Coxim/MS); Caicó AM (Caicó/RN); Timbira AM (São Luís/MA); Jangadeiro FM (Fortaleza/CE); Clube de Rondonópolis Centro Oeste 930 AM (Rondonópolis/MT); Educadora AM (Xapuri/AC); Rádio 88 FM (Porto Seguro/BA); Rural de Santarém AM (Santarém/PA); CBN Manaus (Manaus/AM) e Redesim SAT (Vitória/ES).

O programa é transmitido ao vivo pela TV NBR e pode ser acompanhado por meio do link no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da Repúblicahttp://www.planalto.gov.br. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da “Voz do Brasil”. Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

Mais informações
Secretaria de Imprensa: (61) 3411-1370

Fonte: Planalto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s