Amigos do Crivella

Crivella defende o uso de marcadores químicos nas munições de armas de fogo

Deixe um comentário

Brasília (DF) – Com o objetivo solucionar os crimes e acabar com a impunidade, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) propôs projeto que defende o uso de marcadores nas munições das armas. Os marcadores são substâncias químicas que possuem corantes fluorescentes e não fluorescentes e só são vistos com a ajuda de luzes especiais.

Essas substâncias foram desenvolvidas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e serão adicionadas na pólvora, no estojo, e no projétil da arma. Isso ajudará a perícia obter informações sobre onde à munição foi fabricada, quando foi vendida e quem a comprou. É possível saber também o trajeto da bala.

“O marcador ficará no corpo da vítima, na arma e nas mãos do criminoso. O objetivo é minimizar o terrível problema da bala perdida, pondo fim à impunidade em inúmeros casos de crime contra a vida”, disse Crivella.

De acordo com o relatório publicado pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro no primeiro semestre de 2012 foram registradas 61 vítimas de “bala perdida”. Em comparação com o mesmo período em 2011 observou-se um aumento de 7%. Os dados indicam a capital como a região do estado com mais ocorrências, seguida da Baixada Fluminense e Niterói.

O projeto do senador prevê também que os marcadores sejam usados nas munições destinadas aos batalhões da Polícia Militar, às delegacias da Polícia Civil, aos clubes de tiro, às empresas de segurança privada, e às Forças Armadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s